Observação

There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery Pro plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: media/k2/galleries/104
Image
Segunda, 30 Abril 2001 00:00

(Diário) de Florianópolis ao Alasca

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
MENU 30/04 à 03/05 - Florianópolis (SC) - Porto Alegre (RS) 03/05 à 16/05 - Porto Alegre (RS) - Comodoro Rivadávia (Chile) 16/05 à 24/05 - Comodoro Rivadavia (Chile) - Antofagasta (Norte do Chile) 24/05 à 26/05 - Antofagasta (Chile) - Arica (fronteira Chile/Peru) 26/05 à 03/06 - Arica (fronteira Chile/Peru) - Norte do Peru 03/06 à 11/06 - Norte do Peru - Cartagena (Colômbia) 11/06 à 22/06 - Cartagena (Colômbia) - Fronteira Panamá/Costa Rica 22/06 à 26/06 - Fronteira Panamá/Costa Rica - San Jose - Costa Rica 01/07 à 04/07 - San Jose - Costa Rica - Fronteira do México 04/07 à 18/07 - Fronteira México - Fronteira EUA 18/07 à 26/07 - EUA 26/07 à 01/08 - CANADÁ 01/08 à 07/08 - CANADÁ - ALASCA - PRUDHOE BAY 07/08 à 09/08 - ALASCA - PRUDHOE BAY - CALGARY - CANADÁ 09/08 à 28/08 - CALGARY - CANADÁ 28/08 à 12/09 - Calgary - Canadá - Mata-Mouros - MÉXICO 12/09 à 26/09 - Mata-Mouros - MÉXICO - PANAMÁ 27/09 À 12/10- PANAMÁ - MANAUS - AMAZONAS 30/04 e 02/05, COMO SE PODE VER, A FESTA CONTINUA!!! Das 18 hs a 23 hs do dia 30/04/2001 foi a nossa primeira…
Última modificação em Terça, 03 Mai 2022 08:49
Quinta, 02 Junho 1988 16:27

Um Sonho Realizado

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA DUAS RODAS N 156 – JUNHO – 1988 UM SONHO REALIZADO Chegar a Ushuaia, no extremo Sul do continente americano, era o grande sonho de João Gonçalves Filho, que conseguiu realizá-lo numa aventura de 12 mil km. É meio dia. Não fico para o almoço. A Patagônia está me esperando. Beijo meu harém (quatro filhas, a esposa, a sogra, duas cachorras e uma arara ) e ligo a Honda CBX 750F, que ronca alto. Saio cantando pneu em direção à um sonho que pretendia realizar há muito tempo: conhecer Ushuaia, o ponto mais austral do planeta, no extremo Sul da Argentina. Não consegui nenhum companheiro para esta aventura e como não queria adiar mais, resolvi encarar a estrada sozinho. Isso transformou minha aventura num teste de resistência, tipo um rali, onde eu queria tentar avaliar minhas condições físicas, pensando na própria aventura, até a Rússia. Desta forma, rodei até mais de 1.000 km num único dia. Apenas como termos comparativos, na minha aventura anterior ( Duas Rodas n º 150 ) para o Norte do País, rodei 11 mil km em 45 dias. Nesta aventura até Ushuaia eu percorri 12.000 km em 25 dias. Logo no primeiro dia de…
Última modificação em Segunda, 02 Mai 2022 16:46
Sábado, 09 Outubro 1999 16:11

15 Motos e um Destino: Valparaíso, no Chile

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA DUAS RODAS N 195 – NOVEMBRO – 1991 A CARAVANA PASSA... ... COM 15 MOTOS E UM DESTINO: VALPARAÍSO, NO CHILE. ERA A REALIZAÇÃO DE UMA IDÉIA DE WILLIAM DAMS, MECÂNICO DE FLORIANÓPOLIS (SC). CONFIRA. Quando ficou sabendo que uma caravana de 15 motociclistas iria fazer uma viagem de Florianópolis (SC) à Valparaíso, no Chile, o veterano aventureiro João Gonçalves Filho, o Gau, apostou com o idealizador da idéia, o mecânico William Robert Dams, sete caixas de cerveja como muitos desistiriam no meio do percurso e só poucos chegariam ao destino final. João, com muitas aventuras no currículo – entre elas a pioneira viagem de Manaus (AM) à São Paulo pela Transamazônica pilotando uma Harley Davidson 1200, publicada em DUAS RODAS N 16, de 1976 – já tinha até um lema para essa aventura coletiva: "como não viajar de motocicleta". Mas 15 dias depois da partida, ele havia perdido a aposta. A idéia de reunir a caravana surgiu num dos churrascos diários de fim de tarde na oficina de William, em Florianópolis. Freqüentada por muitos motociclistas, a oficina passou a ostentar, na entrada, uma placa – destas usadas para sinalização a pilotos em provas de automobilismo e motociclismo. Começava…
Última modificação em Segunda, 02 Mai 2022 16:24
Sábado, 27 Abril 1991 08:49

Mulas de Aço

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA DUAS RODAS N 196 - DEZEMBRO – 1991 MULAS DE AÇO Veja que incrível: motos de 125cc chegam a transportar até mais de 500 kg de carga na fronteira entre o Brasil e o Uruguai É ponto de honra para eles. A frase "não deu para levar na moto" não existe. São cerca de 60 motociclistas que levam diariamente mercadorias entre as cidades de Aceguá (RS), no Brasil, e Aceguá, no Uruguai – isso mesmo, elas têm o mesmo nome e ficam bem na fronteira entre os dois países. As mercadorias saem do Brasil, vindas geralmente de Bagé (a 70 km da fronteira) e são levadas, na sua maior parte, para Melo, no Uruguai (67 km da fronteira). Tudo pode ser transportado, desde óleo diesel, gasolina, bujões de gás, açúcar, Coca – Cola, geladeiras, móveis... enfim, qualquer coisa. É um "comércio informal" sem pagamentos de impostos na fronteira, já que os preços no Brasil são bem mais baixos (até três vezes menos, como no caso da gasolina). Entre os motociclistas que fazem o serviço, 95% são uruguaios e 90% das motos são Honda CG 125 brasileiras adaptadas a quadros de outras pequenas motos. O melhor dos "Panchos" (vamos chamá-los…
Última modificação em Quinta, 05 Mai 2022 07:58
Avalie este item
(0 votos)
PRESENTE DE GREGO O (Gáu) João Gonçalves Filho esperava que sua viagem a Grécia fosse "um passeio no parque", mas enfrentou serras, asfalto liso, curvas e abismos. Viaje com o "Gau". O empresário João Gonçalves Filho, o "Gau", colaborador de DUAS RODAS e motociclista "juramentado", depois de muitas aventuras pelo Brasil afora, resolveu encarar um tour de Triumph pela belíssima Grécia, no melhor estilo mototurismo. Gozador, Gau menosprezou a programação do primeiro dia: cerca de 200 KM de percurso. "Essa quilometragem eu faço de costas", brincou ele. Mal sabia que enfrentaria serras, estradas com inúmeras curvas e um asfalto extremamente liso. Ao final do primeiro dia exausto, teve que aguentar a gozação do restante do grupo brasileiro que fez a viagem. Gau sentiu o que é um "presente de grego": esperava um tour tranquilo e viu-se diante de uma verdadeira aventura pelas estradas da Ilha do Peloponeso. Mas recebeu um outro presente dos deuses: a bela paisagem, que faz da Grécia um dos países mais bonitos do mundo. Acompanhe o relato de Gau. "Eu poderia escolher entre a Rota 66, a lendária auto-estrada americana, ou a Grécia, país de passado glorioso, de história densa de personagens reais e mitológicos. Era…
Última modificação em Quinta, 05 Mai 2022 07:57
Avalie este item
(0 votos)
CHUI AO OIAPOQUE X OIAPOQUE AO CHUI A MAIOR VIAGEM DE MOTO DENTRO DO BRASIL PASSANDO POR TODAS CAPITAIS BRASILEIRAS Todas as grandes viagens de moto sempre são planejadas, sonhadas, programadas e os dias contados para a grande largada. Chego num encontro de moto com uma BMW GS 1100 com 1.200Km rodados; Convidando a todos para ir à Manaus ver uma neta que havia nascido naquela capital. A gozação não demorou a vir: Com moto de mauricinho? Viajante aposentado! Moto de velho etc..; As 23 horas a GS fez o primeiro zero jogando pedaço de pneus nas motos dos "Bons"; O convite agora era ir do Chui ao Oiapoque, passando por Manaus para ver a neta ( Victoria).As 24 horas o segundo zero, quem foi rei não perde a majestade. No dia seguinte o convite era: Fazer Chui - Oiapoque, Oiapoque - Chui passando por todas as capitais. Uma semana depois a moto estava encima da caminhoneta rumando para o Chui de onde eu iria começar e terminar a viagem. Dia 05 de outubro as 17:15 a moto começa a rodar, os primeiros kilomentros são os mais difíceis, pela cabeça passa um turbilhão de coisas boas e ruins. Já rodei…
Última modificação em Segunda, 02 Mai 2022 16:26
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA DUAS RODAS N 292 – 1999 JOÃO GONÇALVES FILHO, COLABORADOR DE DUAS RODAS, CONTA COMO FOI DESCOBRIR OS MISTÉRIOS DO CAMINHO DE SANTIAGO DE COMPOSTELA, NA ESPANHA, PILOTANDO UMA BMW R 1200 C. RODOU MAIS DE 2.000 KM PELAS TRÊS ROTAS MAIS CONHECIDAS. ACOMPANHE. Desenvolvi uma maneira original de preparar meu lanche: esquentava o pão, embalado em papel alumínio, deixando-o sobre o cilindro do motor da moto. Durante três dias, repeti esse ritual cada vez que encontrava uma sombra para fugir do sol forte, em pleno verão espanhol de 99. Os peregrinos lançavam olhares curiosos em minha direção, atraídos pela cena inusitada e pela imponente BMW R 1200 C, a "Cruiser". Muitos me saudavam com o balançar do cajado, um instrumento inseparável e tradicional para os que têm pela frente uma árdua caminhada de 813 km – para quem parte da França rumo à Espanha – no místico caminho de Santiago de Compostela. Muita gente passou por mim e era comum reencontrá-los, mais à frente, andando pelo acostamento da rodovia. Quando o caminho se transformava em pequenas trilhas, eu os "abandonava", já que nenhum veículo motorizado tem acesso à esses trechos. Seguia em frente pensando que muitas daquelas pessoas…
Última modificação em Segunda, 02 Mai 2022 16:25
Domingo, 18 Julho 1999 16:00

Woodstock em Faro-Portugal

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA DUAS RODAS N 290 – 1999 Woodstock em Faro Em Portugal acontece atualmente o maior encontro do mundo organizado por um motoclube. DUAS RODAS foi conferir de perto como é a muvuca que atrai motociclistas de toda a Europa. Para quem está acostumado aos encontros do padrão americano, como a Daytona Bike Week, ou aqueles que são organizados no Brasil – incluindo o Megacycle – a 18ª Concentração de Faro, promovida pelo Moto Clube de Faro, em Portugal, é uma grande e saborosa novidade. Pela primeira vez uma revista brasileira cobriu esse que é tido como o maior do mundo organizado por um motoclube e o segundo maior encontro europeu – só perdendo para a motofesta em Jerez de La Frontera, Espanha, na época do Grande Prêmio de Motociclismo. Duas Rodas esteve em Faro, cerca de 300 km ao sul de Lisboa, representada pelo colaborador João Gonçalves Filho, o Gau, experiente motociclista e profundo conhecedor de encontros em Daytona e no Brasil. Acompanhe o relato de Gau e divirta-se. A "concentração"- como se definem um encontro – foi na segunda quinzena de julho de 99. Com certeza, não há nada parecido por aqui CERVEJA E SARDINHA Faro realmente me…
Última modificação em Segunda, 18 Abril 2022 16:09
Sábado, 26 Junho 1999 14:25

Península Ibérica

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
PENÍNSULA IBÉRICAHoje dia 26/06/99 chegou mais um grande dia, a 13000 metros de altura rumo a Lisboa. Duas Rodas confirma com a BMW da Espanha que a moto estará esperando por mim em Madrid a partir do dia 28/06/99 após as 10 hrs.Nunca fui tão britânico, as 10 hás. e um eu estava conhecendo o Sr. Pereira diretor da BMW da Espanha. A moto chega com meia hora de atraso e me pedem desculpas pelo atraso, pois mandaram colocar bolsas laterais (de couro), e um pára-brisas na mesma. A moto não tem 2000 km rodados .Me despeso do Sr Pereira e saio do Sub-solo do prédio da BMW, ainda meio tonto e meio sem jeito. A dois meses atras comprei uma BMW GS1200 para poder me preparar para rodar bem em Portugal. Não tive tempo e não consegui rodar 1000 km com a moto em dois meses. Quando comprei a GS fazia 3 anos que não andava de moto. Quando a moto saiu do prédio a ganhou as ruas de Madrid, as pernas tremeram. Ate a Concessionária Ibéria BMW são 25 km, esta concessionária aluga e viagens de moto dentro da Europa.Almoçamos com eles , arrumo a bagagem na moto,…
Última modificação em Segunda, 18 Abril 2022 14:48
Quarta, 14 Abril 2004 14:17

O Homem de Um Milhão de Quilômetros

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)
Para João Gonçalves Filho, o conhecidíssimo Gau, não há uma última viagem. "Minha última viagem vai ser pro inferno. E eu não vou por vontade própria só se alguém me levar." Brinca. Aos 57 anos e com mais de um milhão de quilômetros rodados, Gau, sempre planeja a próxima aventura. "Agora vou partir de Portugal, cruzar a Europa até a Rússia e depois vou para a China". Isso porque há dois anos, ele voltou de seu maior desafio, o projeto Alasca-Ushuaia-Alasca. Percorreu mais de 75.000 km da Terra Del fuego, no sul da Argentina até Prudhoe Bay, no Alasca, ida e volta. Mas atualmente Gau está sem moto. "Se eu tenho moto já quero viajar. Não adianta. Não estaria em casa agora".Revela o pai de seis filhos – quatro filhas do primeiro casamento, e dois jovens meninos do segundo matrimônio Amor à primeira vista Desde que pilotou uma vespa, aos 16 anos, Gau apaixonou-se por motos."Quando jovem eu já planejava viajar de moto pelo mundo. Sempre fui uma pessoa inquieta". Nascido em Palhoça, Santa Catarina, onde reside hoje, passou grande parte da vida buscando novos desafios. Com isso entrou para a Marinha Brasileira. "Tinha vontade de ser pára-quedista". Serviu em…
Última modificação em Segunda, 18 Abril 2022 14:48
Sábado, 15 Agosto 2009 11:48

Do Litoral de Guarujá-SP até Fortaleza-PE

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
REVISTA MOTOSHOW Nº.22 DEZEMBRO DO LITORAL DE GUARUJÁ ATÉ FORTALEZA UMA BOA OPÇÃO DE FÉRIAS As férias estão chegando. Você está planejando uma viagem pelo litoral brasileiro, acompanhando as praias, com talvez uma volta pelo sertão? Então leia com atenção a reportagem dos nossos dois amigos, que fizeram este roteiro completo no último mês de setembro (a história é contada pelo João Gonçalves Filho, o "Gaúcho"). A idéia de viagem surgiu aproximadamente no mês de junho. A gente tinha-se encontrado numa viagem pelo Oeste do Brasil, indo para Cuiába, Porto Velho e Manaus (ver Motoshow nº.5, "Uma voltinha úmida pelo Brasil"), pela BR364, hoje asfaltada. Decidimos ir acampando e fazendo nossa própria comida, e acertamos o início da viagem para o dia 20 de agosto. Aqui está a relação das coisas que levamos, algumas úteis, a maioria desnecessária, como veremos durante a viagem: saco de dormir, barraca para dois, lampião a gás, fogareiro a gás, lanterna, canivete, faca, facão, botas de cross, farofa, arroz, feijão, lingüiça, macarrão, sopa desidratada, cantil, máquina fotográfica, filmes, panela especial de camping com pratos, frigideira, talheres e caneca, estojo de primeiros socorros, uma garrafa de pinga, um litro de uísque Chivas Regal, 300 chaveiros, 4…
Última modificação em Segunda, 18 Abril 2022 14:49
Terça, 12 Abril 2022 11:18

João Gonçalves Filho - GAU

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)
JOÃO GONÇALVES FILHO (GAU) Por volta de 1998, João Gonçalves Filho (Gau) em suas andanças pelo Norte do Brasil, recebeu apoio do motociclista Aires do Amaral, quando de sua passagem pelas péssimas estradas da Região Amazônica. A partir desse episódio, sentiu necessidade de criar uma rede de apoio aos motociclistas viajantes, algo sem qualquer preconceito com relação a estilo ou tamanho da motocicleta e poucas regras, afinal essas são detestadas pelos motociclistas, pois moto é um dos símbolos mais representativos da liberdade. Assim nasceu a atual concepção e filosofia do Brazil Rider’s como a conhecemos atualmente, focado no “motociclismo de viagem” através do objetivo principal: “possibilitar ajuda mútua aos motociclistas em viagem pelo Brasil e Exterior, através dos seus integrantes cadastrados no site”, porém, não necessariamente atrelado a isso para interagir interna e externamente. Clique aqui e assista a um breve relato do Gau na sua passagem pelo Amazonas em 2018. Sobre Nós A Rede Brazil Rider’s trata todos por igual, independentemente do estilo, tamanho ou valor da motocicleta, posição social, credo ou raça, sem cobrança de mensalidade ou qualquer custo adicional. Entretanto recomenda que seus Integrantes priorizem a aquisição de produtos da Lojinha, cujos "royalties", bem como o percentual…
Última modificação em Quinta, 14 Abril 2022 13:56
Avalie este item
(2 votos)
Dia 06/02/202, sexta feira As 11h de uma sexta feira nublada, com as tralhas prontas e já sobre a moto saio com o destino a conhecer, explorar e me aventurar em uma “selva de pedras”, o Parque nacional de Sete Cidades, localizado no município de Piracuruca no PI, conhecer o Quintal do Curiólogo e o próprio Curiólogo e ainda aproveitar para dar um abraço no grande amigo e também motociclista Sampaio, e quem sabe subir até Tianguá no Ceará pra visitar um grande amigo, o Carlinhos. No caminho e de cima da moto vou preparando o meu almoço, isso mesmo!!!!! Vou assando uma bela carne de sol no escapamento (Assista o vídeo) no intuito de almoçar junto ao grande motociclista Carvalho, em Anapurus MA à 278km de São Luis. Por volta das 14h bato na porta do Carvalho e assim traçamos a carne com farinha Puba (farinha típica da região). A rota que resolvo percorrer é pouco usual, Travessia de balsa (fig 1), muitos kms de estradas de piçarra, tornam ela imprópria pra muitos, mais da um tempero especial pra minha aventura, vilas, povoados pequenos, e comunidades deixam ela mais charmosa, e a natureza bem mais preservada que as demais…
Última modificação em Terça, 09 Março 2021 15:16
Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 30 Dezembro 2020 22:34
Avalie este item
(1 Votar)
Maria das Graças dos Santos Medeiros, residente em Natal (RN), é motociclista de corpo e alma desde os 12 anos de idade. Na companhia do esposo Roberto Gileno, percorreu várias regiões do país, onde fizeram vários amigos. Em fevereiro do ano passado, Graça Santos, como gosta de ser chamada, ficou viúva, mas encontrou forças na paixão pelo motociclismo como inspiração para continuar a vida. Assim, desde agosto de 2019, vem viajando pelo país, sempre revendo os amigos. No dia 8 de outubro deste ano, apesar da pandemia de coronavírus, Graça Santos decidiu sair de casa. Saiu de Natal, atravessou o estado baiano, até chegar em Minas Gerais. Na capital, depois de rever algumas amigas, foi rapidamente até a Bom Despacho (BA), e logo retornou a Minas, indo para Sabará. Saindo um pouco da rotina, viajou de trem da capital até Vila Velha (ES). “Era um sonho que almejava realizar a tempos”, disse ela. Assim que retornou a capital mineira, Graças Santos montou em sua moto e rumou para cidade de Três Pontas (MG), onde participou de uma festa. Lá, encontrou um amigo de Santa Vitória e, logo, veio a lembrança de duas amigas residentes em nossa cidade: Rita Maria e…
Última modificação em Sábado, 07 Novembro 2020 12:27
Avalie este item
(1 Votar)
27/08/2018 No caminho encontramos dois motociclistas, Pescador de Goiás e o de amarelo que não me recordo seu nome de Seatle/EUA e estava retornando para América do Norte. Esse dia dormimos em Sapezal/MT 28/08/2018 Eu e o Leonel Continuamos para Cuiabá/MT onde ficamos no MC Lunáticos, bem recebidos pelo amigo Marcos Rosada, enquanto que o Wolter e o Clark foram pra Nova Olimpia ver o amigo Zé Roberto. Por aqui tivemos que ficar um pouco mais de tempo, a moto do Leonel quebrou e teve que ser levado na CC Yamaha de Cuibá, já que estava na garantia. Durante a espera fui fotografa a sede do governo do MT. No outro dia disseram que levaria mais quatro dias para que a moto do Leonel ficasse pronta, então conversamos e ele resolveu acionar o seguro e levar a moto de guincho pra Curitiba onde faria o serviço. Leonel retornou para Curitiba de avião e segui solo até chegar em casa. Mas antes uma visita ao amigo Ravedutti em Campo Grande.
Última modificação em Quinta, 10 Setembro 2020 14:18
Avalie este item
(0 votos)
22/08/2018 Agora vamos enfrentar 670 km de uma estrada totalmente estranha pra gente, as informações da Jane é que a estrada esta meia boca, com pedaços bons, pedações ruins, no geral estava ruim mesmo. E o primeiro perrengue aconteceu comigo, pneu furado no meio do nada, não havia borracharia e não teve jeito, desmontei o pneu e concertei, mas encher como? Por sorte um local que passou por lá de CG tinha uma bomba, porque é comum furar pneus e as pessoas tem que se arrumar. Depois de concertar andei por mais 40 km e novamente o pneu furou e dessa vez complicou, eu havia deixado a câmara reserva em Porto velho na casa do TOP. A solução foi eu tirar a roda e seguir pela estrada com a moto do Leonel e por sorte há 10 km havia o pátio da empresa que faz a manutenção da estrada e me autorizaram ir até a borracharia. De primeira o borracheiro disse que havia degolado o ventil e teria que providenciar outra câmara, mas onde iria eu arrumar outra câmara já que estávamos há 200 km de Cruzeiro do Sul. Já meio desnorteado o borracheiro lembrou que tinha uma câmara usada…
Última modificação em Quinta, 10 Setembro 2020 13:56
Avalie este item
(0 votos)
Dia 16/08/2018 Com o segundo objetivo já alcançado em Uiramutã, chegou a hora de voltar a descer, agora até Porto Velho/RO, novamente passando pela BR-319. Hora de se despedir do Walter Borges. O Dia de hoje pernoitamos em Presidente Figueiredo. 18/08/2018 Dia de enfrentar a BR-319 novamente, saimos do Pernoite e tocamos direto para o Porto da Ceasa, passamos com a balsa para o outro lado e ainda tocamos até a Pousada Vila Rica. 19/08/2018 A noite passada foi de interação, o proprietário vive por lá desde o inicio da estrada, um Paranaense que junto de sua esposa vivem esquecidos as margens da rodovia. Foi muito bom ouvir a verdadeira história da BR-319. Choveu durante a noite e prometia mais chuva, mesmo assim arrumamos nossas motos e seguimos para um dos mais difíceis dias da viagem. A rodovia já é desafiadora em dias normas, sem chuva, imagina agora. Rodamos a manhã toda com chuva, atoleiros, quedas, pontes que assustavam. Dia muito difícil, mas vencemos e continuamos até Humaitá/AM onde dormimos pra continuar no outro dia até Porto Velho/RO 20/08/2018 No apoio em Porto Velho com o amigo TOP GUN do MC Odisseus. 21/08/2018 Agora os faróis das motocas apontam para…
Última modificação em Quinta, 10 Setembro 2020 11:31
Avalie este item
(0 votos)
Os Araras de aço é um dos motoclubes mais antigos daqui da região de Belém-PA nós temos como nosso forte dar apoio aos estradeiros que passam por Belém. Você sabe que no motociclismo o sentimento de irmandade é muito forte e todos que precisam de ajuda no nosso meio, seja motociclista, seja viajante no modo geral, nós estamos dispostos a ajudar. Estar em cima de uma moto representa pra mim o espirito de liberdade, de você estar incorporado a natureza e isso não tem dinheiro que pague. Hoje quando vemos um mundo com essa falta de amor que existe, acho que temos que fazer a diferença de alguma maneira pra resgatar e deixar as pessoas um pouco mais humanas e para mim não existe nada mais gratificante dos apoios que eu dou aqui aos irmãos de todo o mundo. Já tive aqui pessoas praticamente de todos os continentes aqui. Existe muita gente boa neste mundo, ainda existe, e eu espero que em um futuro próximo as coisas voltem realmente ao que eram antes e que as pessoas voltem a ter mais amor mais sentimento ao próximo. Assista ao vídeo aqui VIVA A #LIBERDADE! Filmando de São Luís para Macapá, fazendo…

Vídeo relacionado

Última modificação em Terça, 25 Agosto 2020 12:33
Terça, 25 Agosto 2020 10:10

Chaco paraguaio

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Aqui faço um pequeno relato de uma expedição que eu de MCRondon Pr, Edson Reiter e Cesar Beloni de Dourados Ms fizemos para o Chaco paraguaio em agosto de 2018. Depois de muitas reuniões, inicialmente com 54 interessados em fazer a expedição, um mês antes tinham 27, 12 dias antes 8, uma semana antes três rsrsrs. Sai de MCRondon Pr e me encontrei com os dois irmãos em Dourados e de lá seguimos rumo a Porto Murtinho Ms, divisa com o Paraguai, onde nos encontramos com nosso apoio, Franz nativo da região do chaco e um baita conhecedor da região. Atravessamos no mesmo dia para adiantar os tramites da documentação para sair no dia seguinte bem cedo. A Noite o Franz juntamente com seu pai e tio nos brindaram com um baita churrasco. NO dia seguinte carregamos tudo sobre a caminhonete do Franz e nos largamos estrada a fora. Sabíamos que seria difícil, seriam apenas 641 km, mas todos, absolutamente todo o trajeto por estrada de chão. Eu fui com uma Honda CB500X e os outros dois com suas Teneres 250. Chegamos em Filadélfia a tardinho, isso que rodamos só 312 km. A noite fomos recebidos pelo MG do Franz…
Última modificação em Terça, 25 Agosto 2020 10:26
Avalie este item
(0 votos)
12/07/2018 Levantamos, arrumamos a tralhas nas motos, esperamos o nosso guia Valdemir chegar e então partimos em direção a Miranda, para nosso primeiro passeio turístico da viagem, o objetivo principal e chegar a Corumbá pela estrada parque. Primeira parada em Miranda, abastecemos as motocas, tomamos um café em um local que tem um casarão antigo, novamente “Tipa”. Depois daqui ainda passamos pela famosa “Maria do Jacaré”, um local na beira da rodovia em uma ponte, onde se pode chegar bem próximo dos Jacarés, até tocar neles, mas nada de ver da Dona Maria, ela não estava. Melhor não arriscar chegar tão perto né. Ainda com um bom tempo de sol, chegamos à entrada da estrada Parque, nosso destino para esse dia era chegar na pousada São João que já estava pré agendada para nosso pernoite, pelo caminho a beleza do Pantanal. Ao final da tarde, depois de passar por várias pontes, lugares incríveis, finalmente chegamos até a pousada, onde fomos recepcionados pelo proprietário, um senhor muito educado que a noite esteve com a gente degustando um bom vinho. E assim, com o maravilhoso visual do Pantanal ao nosso redor, esperamos o anoitecer com muita conversa e ainda extasiados com tamanha…
Última modificação em Quarta, 01 Abril 2020 00:03
Avalie este item
(0 votos)
EXPEDIÇÃO BICHO VEIO NA AMAZÔNIA Diário 10/07/2018 Agora com todos os integrantes da Expedição, marcada a saída para 06h de frente a minha casa, o Leonel que estava na casa do Gilberto Biazus chegou no horário, tiramos a foto a partimos para a tão sonhada viagem. Juntamente com a gente, alguns motociclistas do Moto Grupo Bicho Véio, irão nos acompanhar até o pantanal Sul, onde iremos ficar em Aquidauana com o nosso amigo e motociclista Valdemir Mendes que será o nosso guia por dois dias lá pelo Pantanal. Saímos todos felizes por, com muitas expectativas, curiosos e ansiosos, assim no segundo dia da Expedição se formava o grupo de amigos que por vários dias serão os protagonistas dessa bela aventura. Alguns integrantes do Moto Grupo Bicho Veio, que tem sede em Soledade/RS VANDERLEI LUZ MARCELO GABRIEL SCHADLER SANDRO MANTELLI JAIR DUARTE Passo Fundo/RS Toledo/PR Toledo/PR Cascavel/PR Vanderlei já acompanhava desde Soledade o Doico, e no caminho fomos incorporando ao grupo outros membros do Bicho Véio que foram com a gente até o Pantanal, Jair Duarte em Cascavel/PR. Pegamos um dia de frio que nos acompanhou até Dourados/MS onde pernoitamos na sede da Associação dos funcionários da Embrapa, no apoio Veimar…
Última modificação em Terça, 31 Março 2020 23:01
Avalie este item
(0 votos)
EXPEDIÇÃO BICHO VEIO NA AMAZÔNIA Integrantes da Expedição 09/07/2018 Nesse dia eu fiquei por casa enquanto todos os demais integrantes iniciavam a viagem, como eu estava no caminho, minha casa foi o ponto de encontro com todos. ARMANDO DOICO Conhecido por “Doico’, o mais velho da expedição, em 2018 completava 70 anos de idade. Doico saiu de sua residência em Melo no Uruguai e veio até palmeira das Missões/RS onde se encontrou com Marcos Palmeiras, o Marcos Palmeiras, os dois foram os idealizadores dessa Expedição ao Norte do Brasil. Moto: XT 250 Ténéré ano: 2014 MARCOS EUGÉNIO DE OLIVEIRA Marcos Palmeiras já com o Doico, seguiram viagem saindo de Palmeira das Missões/RS, o primeiro destino era até Francisco Beltrão/PR na minha casa e pelo caminho ainda se encontrariam com o terceiro integrante da Expedição, o gaúcho Deniz Gauze Santos, nascido e criado no Rio Grande do Sul, mas atualmente residente em Porto Velho/RO e no momento em viagem pelo Sul do Brasil. Moto: XT 250 Ténéré ano: 2014 DÊNIS GAUZE SANTOS Nosso terceiro integrante “Tchê”, gaúcho de coração, primo do Doico, reside em Porto Velho mas como tem raízes ainda no Rio Grande do Sul, estava viajando pelo Sul e…
Última modificação em Segunda, 30 Março 2020 13:48
Segunda, 09 Março 2020 16:20

Parque Estadual de Canudos

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)
Mario Luis Borges e Lu Stipp no Parque Estadual de Canudos, na Bahia. Lugar que foi palco da guerra de Canudos em 1896/97.
Avalie este item
(2 votos)
Rider’s em Joinville No dia 04 de maio de 2019 foi realizada em Joinville a 1º Confraternização Brazil Rider’s Norte Catarinense, na minha opinião o mês escolhido não poderia ser melhor, mês das mães, visto que todos nós motociclistas somos como irmãos e filhos da mesma Mãe, A Liberdade! Intrigante esse tal de motociclista, ao mesmo tempo que veste suas roupas pretas, cheias de adereços, com caveiras, metais e suas feições de “mau encarados”, são justamente ao contrário do que aparentam ou querem aparentar. Em essência e em realidade são amáveis, humanos, solidários, amam a natureza em sua totalidade, respeitosos, leais e porque não dizer sensíveis. E nesse evento pude constatar mais uma vez esse espírito que nos anima, não foi um encontro de motociclistas, até porque a moto não foi o único meio de locomoção utilizado para chegar, mas foi sim um encontro com a família, rever irmãos que a muito não víamos e conhecer outros que até então eram virtuais, mas, mais que isso, esse evento foi um encontro consigo mesmo, onde predominou a Paz e o Amor e, por um breve momento pudemos nos esquecer das mazelas do mundo lá fora, celebrando a vida, a união, gente…

Galeria de Imagens

Última modificação em Sexta, 31 Mai 2019 09:11
Segunda, 15 Abril 2019 10:04

Repaginação de site: Novo site responsivo

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)
Repaginação de site: Novo site responsivo Em 2019, a Rede Brazil Rider's deu uma renovada na nossa casa virtual. Decidimos reformular o nosso site, tornando ele responsivo, com estrutura renovada e navegação mais fácil para o usuário. Você pode dar uma voltinha e conhecer as outras páginas.Temos um espacinho para tudo: Nossas regras, Nossa missão, nosso convívio Social Virtual, Nossos eventos, relatos de viagens dos nossos membros, enfim é aqui que ficamos sabendo tudo relacionado ao Brazil Rider's com segurança e parcialidade.

Galeria de Imagens

{gallery}104{/gallery}
Última modificação em Segunda, 15 Abril 2019 10:26
Sábado, 02 Fevereiro 2019 23:30

Himalayan – Estreia Na Estrada

Escrito por
Avalie este item
(4 votos)
Sábado 26/01/19 – Peguei a moto na concessionária em Sampa, muito bem atendido pelo Luiz. Nos dias anteriores fiz toda a negociação e papelada, então sábado foi só assinar e pegar. Viajei apenas com a NF e sem placa, pois vou emplacar em Brasília. Na entrega, me explicaram tudo como sempre, com o adicional de um papel orientativo sobre o limite de carga do bagageiro traseiro, de apenas 5Kg. Ou seja, se quebrar, é culpa sua pois foi avisado. Já estou vendo onde reforçar o bagageiro. 5Kg serve apenas para o uso urbano, levar pouca tralha, ou bauleto pra guardar capacete e jaqueta. Coisas que nunca deixo na moto. O quadro é bem grosso, o bagageiro que é fininho. Bom, após me despedir dos amigos na loja e pegar a moto, fui na oficina pegar filtro de óleo, lubrificante de corrente, um aro de farol para a Classic 2012 (tinha pronta-entrega!) e abasteci. O primeiro tanque recebeu 13,5 litros (capacidade total de 15 litros – tinha uma merreca já la dentro) e coloquei Ipiranga DTClean. Com esse tanque descemos a Imigrantes até Cubatão e subimos a Anchieta. Nunca tinha feito esse trecho antes, tinha que aproveitar pra fazer KM antes…
Última modificação em Quarta, 06 Fevereiro 2019 22:52
Segunda, 28 Janeiro 2019 10:00

Revisitando o Atacama 2018

Escrito por
Avalie este item
(3 votos)
Revisitando o Atacama 2018 Passados nove anos de nossa primeira passagem pelo deserto do Atacama, resolvemos refazer o mesmo percurso de 2009, apenas para curtir um pouco de estrada e também para a mais nova Cuturneira (Paula) ser apresentada a Cordilheira dos Andes. Optamos pelo mesmo percurso, no mesmo sentido, apenas com uns pontos diferentes para pernoite. Sabidamente iremos enfrentar algumas situações novas, seja pelo dinamismo da mãe natureza, seja pela época do ano menos apropriada para viajar em moto pela região andina em que nos encontraremos no retorno. Quinta (01/02/2018) Dia 01: Passo Fundo (RS) – Quaraí (RS) – 667 km Ao sair de casa pela manhã, com temperatura nos agradáveis 21°C, o hodômetro da moto apontava modestos 2.146 km, marcando a iniciação de minha nova companheira de longas viagens, uma Suzuki DL 650 V-strom XT ano 2018. A primeira parada para abastecimento foi em Santa Maria, foi onde avisei ao amigo Eder Velasque, do Campanas Moto Grupo de Alegrete, que passaria em sua cidade para dar um abraço e trocar algumas palavras. Cheguei aos pagos alegretenses por volta das 14 h, o Eder me aguardava na entrada da cidade para me guiar até sua casa, onde fui recebido…
Última modificação em Terça, 12 Março 2019 11:20
Sexta, 25 Janeiro 2019 19:21

Onze Motociclistas, onze destinos

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)
Onze Motociclistas, onze destinos. Himalaia
Última modificação em Terça, 12 Março 2019 16:05
Avalie este item
(1 Votar)
Fernando Nienkotter foi até a casa do expedicionário Edson Mesadri, que já esteve no Alaska, para bater um papo descontraído.
Última modificação em Terça, 12 Março 2019 16:05
Página 1 de 2