Conselho Gestor

Conselho Gestor

CG - Conselho Gestor – Órgão máximo do Brazil Rider’s, composto por: José Clóvis de Oliveira (GO), Fabio Cancela(MG) e Kenji Yoshida(SP)

Atribuições como dirigente superior: Tomar decisões em âmbito superior, designar os Coordenadores Estaduais; mediar eventuais conflitos; autorizar pessoas ou empresas a comercializar produtos com a marca Brazil Rider’s*; aprovar eventos com a marca Brazil Rider’s**; suspender, excluir ou incluir qualquer integrante, se assim entender conveniente para o bom andamento da rede de apoio, atribuir o título de Senior a integrantes com mais de 60 anos de idade e que tenham prestado relevantes serviços à Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante;

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Quinta, 06 Dezembro 2018 15:49

Ajuntamento Brazil Rider's Pernambuco

1º Ajuntamento Brazil Rider's Pernambuco, em prol da 1ª Confraternização Brazil Rider's do Nordeste,foi realizado na cidade de LAGOA GRANDE (PE), dia 08 de novembro de 2015,  no Restaurante Comidado Sítio, a 70 km de Petrolina, em direção a capital do estado Recife. Um lugar agradável de família eamigos, de propriedade do Zé Heleno, gente simples muito gente boa. Num ambiente de fartagastronomia, pessoas de bem, e muito familiar, reuniram-se Cida, Demontier, Socorro, Agenor, Ana,Natalício, Wilson, Joselito e Cheldon.

Terça, 19 Março 2013 14:08

Regulamento da Rede Brazil Rider’s

Regulamento da Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante

 

 

1 - A Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante tem por finalidade possibilitar apoio mútuo a motociclistas em viagem pelo Brasil e Exterior, congregar virtualmente adeptos e admiradores do motociclismo de viagem, divulgar relatos de viagens que agreguem informações, realizar confraternizações de seus integrantes e divulgar eventos motociclísticos próprios, que apoie ou participe.

 

2 – São Integrantes da Rede Brazil Rider’s quaisquer motociclistas ou simpatizantes que tenham afinidade com os objetivos da mesma.
  
2.1 - Integrantes com mais de 60 anos de idade e que tenham prestado relevantes serviços à Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante podem ser indicados ao título de Senior pelos seus respectivos Coordenadores Estaduais ou Coordenadores no Exterior;
  
2.1.1 - Integrantes portadores do título de Senior perdem o mesmo ao deixarem a rede por vontade própria ou nos casos de exclusão pelo Conselho Gestor;
 

2.2 - Cabe aos Integrantes:

 

2.2.1 - Interagir no site;

 

2.2.2 - Sempre que possível, prestar ajuda ao motociclista viajante;

 

2.2.3 - Divulgar a Rede Brazil Rider’s, objetivando o crescimento da mesma e, por consequência, o número de beneficiado;

 

2.2.4 - Manter comportamento e atitudes no sentido de preservar o bom nome da entidade;

 

3 - A Rede Brazil Rider’s é administrada por um Conselho Gestor, por Coordenadores Estaduais, Coordenadores no Exterior e por Coordenadores Regionais.

3.1 - Conselho Gestor:

 

3.1.1 - Composição: 5 (cinco) pessoas;

 

3.1.2 Designação: Quando da saída de um ou mais membros, os remanescentes escolherão os substitutos, tendo como critério determinante da escolha a análise dos atos e posturas dos integrantes, que deverá ser reveladora de comprometimento efetivo com os objetivos da Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante;

 

3.1.3 Atribuições como dirigente superior: Tomar decisões em âmbito superior, designar os Coordenadores Estaduais; mediar eventuais conflitos; autorizar pessoas ou empresas a comercializar produtos com a marca Brazil Rider’s*; aprovar eventos com a marca Brazil Rider’s**; suspender, excluir ou incluir qualquer integrante, se assim entender conveniente para o bom andamento da rede de apoio, atribuir o título de Senior a integrantes com mais de 60 anos de idade e que tenham prestado relevantes serviços à Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante;

 

A venda de produtos com a marca Brazil Rider’s somente poderá ser efetuada mediante autorização EXPRESSA do Conselho Gestor. A participação no Brazil Rider’s é totalmente gratuita, e tais receitas são necessárias para manutenção e atualizações do site.

 

** A marca Brazil Rider’s somente poderá ser utilizada em eventos exclusivos desta rede e mediante autorização EXPRESSA do Conselho Gestor. Para tanto, os eventos devem ser submetidos à apreciação e avaliação do Conselho Gestor.

 

3.2 – Coordenadores Estaduais e Coordenadores no Exterior:

 

3.2.1 Composição: 1 (um) Coordenador em cada estado da Federação e 1 (um) Coordenador no Distrito Federal, bem como 1 (um) Coordenador para cada país do exterior em que houver número significativo de integrantes;

 

3.2.2 - Designação: pelo Conselho Gestor;

 

3.2.3 Atribuições: definir geograficamente as Coordenadorias Regionais e designar os seus respectivos Coordenadores; coordenar o apoio ao motociclista viajante em seu estado; promover e avaliar a admissão de novos colaboradores de seu estado; incentivar a integração entre os colaboradores em seu estado ou país estrangeiro; indicar candidato ao título de Senior aos integrantes dos seus respectivos estados ou países estrangeiros, com mais de 60 anos de idade e que tenham prestado relevantes serviços à Rede Brazil Rider’s de Apoio ao Motociclista Viajante; suspender qualquer membro de seu estado ou país estrangeiro, se entender conveniente para o bom andamento da rede de apoio, com imediato envio de relatório para o Conselho Gestor, para que este decida em instância superior acerca da suspensão, reintegração ou exclusão;

 

3.3 – Coordenadores Regionais:

 

3.3.1 Composição: Cada estado terá a composição definida pelo seu Coordenador Estadual, de acordo com as necessidades e peculiaridades locais;

 

3.3.2 Designação: pelos Coordenadores Estaduais;

 

3.3.3 Atribuições: identificar e propor a admissão de novos colaboradores; coordenar as atividades de integração e apoio ao motociclista viajante em sua respectiva região; propor ao Coordenador Estadual a suspensão de qualquer membro de sua região se entender conveniente para o bom andamento da rede de apoio.